Profissões do futuro: 25 carreiras que são tendência

 em Marketing Digital
Tempo de leitura: 7 min

Quais serão as profissões do futuro? Você ou alguém do seu grupo de convivência possivelmente já fizeram esta pergunta. Isso porque não é preciso ter bola de cristal para descobrir que avanços tecnológicos têm mudado o mercado de trabalho.

Carreiras tradicionais tidas como promissoras têm perdido espaço. A consequência é que muitas pessoas economicamente ativas estão precisando e ainda terão de se reinventar profissionalmente.

Existem também aqueles jovens que ainda não entraram no mercado e convivem com uma imensa incógnita a respeito das escolhas que pretendem fazer. Então, este artigo tem a intenção de ajudar você a entender um pouquinho das mudanças que estão para acontecer.

Analise as atividades apontadas para o futuro breve como as de maior potencial, tanto de oferta de vagas como em relação a um melhor retorno financeiro. E imagine em qual ou em quais setores você gostaria de atuar.

 

Aposte em criatividade e relacionamento

Está claro que as profissões do futuro são produto das inovações, especialmente da tecnologia.
A Inteligência Artificial, por exemplo, evolui sem parar. Pouco a pouco, substitui o atendimento antes realizado por pessoas, nas mais diversas áreas.

Na imagem tem um robô engenheiro com uma planilha nas mãos e capacete.

Em 2050 profissões como médicos e engenheiros serão substituídas por robôs.

No entanto, ainda não consegue executar certas tarefas com a mesma precisão de um ser humano.
Tudo caminha para um futuro com processos automatizados e inteligentes, como os que mudarão a forma como fazemos compras: seja em um supermercado ou loja de roupas.

Por isso, carreiras que envolvam criatividade e relacionamento permanecerão em alta. Assim como os trabalhos que supram demandas sociais.

 

Aprenda a gostar de resolver problemas

As facilidades tecnológicas estão nos levando a uma melhoria contínua dos serviços e produtos entregues ao mercado. E, cada vez mais, buscamos tornar essas soluções humanizadas.

A tecnologia precisa ser entendida apenas como ferramenta para nos auxiliar na solução de problemas. Entre eles, uma necessidade de mercado ainda não atendida, como um produto ou serviço.

Porém, para alcançarmos os melhores resultados que as inovações podem gerar, precisamos, primeiramente entender o que de fato queremos resolver:

 

Qual processo podemos melhorar ou qual produto podemos criar para inovar?

 

Sendo assim, é latente a necessidade de profissionais com perfis intraempreendedores, que usam habilidades como empatia e comunicação interpessoal para suprir os conhecimentos nos quais não possuem especialidade.

Portanto, a curiosidade é uma virtude para que as perguntas certas sejam feitas e para que a interação com times cada vez mais multidisciplinares ocorra.

Por sorte dispomos de uma infinidade de ferramentas originadas de conceitos do design thinking que podem nos ajudar a resolver esses desafios.

O importante é que profissionais percebam problemas a sua volta e sejam capazes de oferecer soluções, ou seja, de suprir necessidades.

Isto posto, vamos ao que mais interessa neste artigo: 25 das profissões do futuro, segundo analistas de tendências sobre mercado e relações de trabalho:

 

1-Desenvolvedores de softwares:

Continuarão muito valorizados por serem parte da equipe de profissionais de criação de novos sistemas para automação de processos.

 

2-Professor online:

Imagem de uma sala de aula clássica, com quadro ao fundo, uma profissão que no futuro será praticamente migrada para o meio digital.

O ambiente digital possibilita levar o conhecimento muito além das barreiras físicas de uma sala de aula tradicional.

O formato de sala virtual tem um alcance muito maior que a tradicional é uma tendência em expansão para os próximos anos.
Para quem tem a transmissão de conhecimento como profissão, a atividade é uma excelente dica para obter maiores ganhos financeiros.

 

3-Coaching:

Falando em profissões do futuro, o coaching é aquele profissional que pode auxiliar no desenvolvimento da carreira e de diversas outras áreas da vida de uma pessoa.

Ajudar outras pessoas a evoluírem na vida profissional e pessoal será uma forma de trabalho com espaço garantido no futuro próximo.

 

4-Profissional de marketing digital:

Esse profissional tem cada vez mais força no meio on-line. A tendência é o trabalho cada vez mais especializado e direcionado para a internet.

 

5-Engenheiro hospitalar:

Com as inovações tecnológicas, novos aparelhos surgem para facilitar e melhorar tratamentos de saúde. Nesse aspecto, o engenheiro hospitalar tem espaço garantido para atuar nos próximos anos.

 

6-Gestor de resíduos:

Essa será uma das profissões do futuro mais requisitadas, levando-se em consideração que a produção de resíduos sólidos tende a aumentar.
A gestão deste tipo de matéria-prima será fundamental, assim como profissionais especializados na área.

 

7-Analista de Big Data:

Analista de bigdata fazendo a apresentação.

Com a quantidade imensa de dados que são gerados a cada segundo, ter profissionais capazes interpreta-los e auxiliar no processo decisório será uma realidade em pouco tempo.

É o profissional capaz de analisar dados de sistemas que circulam pela internet. Ele pode atuar na investigação de informações e influenciar nos rumos de uma empresa ou negócio.

 

8-Desenvolvedor de dispositivos wearables:

No futuro, quanto mais tecnologia capaz de facilitar a vida das pessoas, melhor. Isso inclui dispositivos que funcionarão em óculos, lentes, roupas, relógios, calçados, etc.

Wearables significa vestível. Então, fica simples compreender que nesta atividade os profissionais terão de seguir aquela dica de observar problemas e criar soluções que melhorem o dia a dia das pessoas.

Você já deve ter ouvido sobre roupas inteligentes que se adaptam à temperatura ambiente ou não precisam ser lavadas. Estas são criações que cabem perfeitamente aos wearables.

 

9-Profissionais de saúde mental:

Lembra daquela observação sobre Inteligência Artificial ainda não ser capaz de substituir o ser humano em todas as áreas? Pois, a da saúde mental é uma delas.

Neste campo a atenção personalizada dispensada aos pacientes deve ser mantida mesmo no futuro. Os cuidadores da mente: psiquiatras e terapeutas, por exemplo, continuarão entre os profissionais em alta.

 

10-Especialista em e-commerce:

O e-commerce já caiu no gosto dos consumidores. Mas, com tantas lojas virtuais, a concorrência torna-se acirrada. Para atrair clientes será preciso destaque. E essa característica será fruto do trabalho do especialista em e-commerce.

 

11-Especialista em energias renováveis ou energias alternativas:

Encontrar recursos alternativos viáveis será uma preocupação cada vez maior em relação ao meio ambiente. Da mesma forma, o cuidado com a redução de impactos. A tarefa exigirá profissionais habilitados e capazes de alcançar os melhores resultados.

 

12-Inside Sales Representative ou Representante de vendas internas:

Com clientes cada vez mais poderosos em relação a escolhas, empresas irão precisar de vendedores que contactem estes clientes quando demonstrarem algum interesse em seus produtos.

Vendedor ou Sales representative, fechando uma nova venda com um cliente B2B.

Personalização dos projetos e o aspecto consultivo serão parte do repertório do vendedor B2B.

Isso é uma tendência especialmente para empresas do mercado B2B. Quer dizer que no futuro as vendas continuarão sendo cada vez mais personalizadas e especificamente direcionadas ao perfil de cada potencial cliente.

Quer entender mais sobre o processo de vendas B2B? É só clicar aqui.

 

13-Gestor de inovação:

Essa vaga já é oferecida por algumas empresas para profissionais que têm a incumbência de repensar estratégias para o negócio principal (core business) da marca ou para áreas específicas de uma companhia. O foco é melhorar modelos de negócio.

 

14-Coach de atividade física:

Manter o corpo em dia é uma febre estimulada, principalmente pelas redes sociais. O comportamento coloca a necessidade de acompanhamento físico entre as prioridades de muitas pessoas, e também, na lista das profissões do futuro.

 

15-Creators:

O trabalho aqui é a produção de conteúdo para a internet. Esses profissionais, conhecidos como digital influencers, já estão em alta no mercado e assim devem permanecer.

Os influenciadores digitais também precisam de ajuda para realizar seu trabalho. Sendo assim, tem gerado oportunidades para assessores – profissionais ou agências que cuidam de suas carreiras.

 

16-Designer especialista em UX

Umas das profissões mais desejadas do futuro, o UX designer.

O User Experience é atualmente, uma especialização presente nos currículos de muitos designers.

O UX é o profissional que cria e melhora a experiência de usuários em relação a produtos e serviços. Essa atuação pode ir desde um utensílio doméstico até um App de smartphone. Os mais qualificados e experientes costumam receber salários generosos, que podem ultrapassar R$8 mil.

 

17-Oficial de ética de sourcing:

É o profissional que acompanha, negocia e investiga acordos sobre bens e serviços para assegurar que gastos com energia, restos e relações sociais, os chamados gastos indiretos, estejam de acordo com o perfil ético das partes interessadas (stakeholders).

Para exercer a atividade é preciso experiência com ética em ambientes corporativos, habilidades de comunicação e interpessoais, habilidade para trabalho em grupo. Além disso, é importante conhecimentos de negócios, lei, gestão pública ou filosofia.

 

18-Agricultor digital:

Este será o agricultor do futuro, que une inovações tecnológicas de sistemas de geolocalização, com internet, computadores, smartphones e outras ferramentas digitais.

É necessários entender de tecnologia, de agricultura de precisão, controle de drones, sistemas para acompanhamento de clima e tempo, estatísticas e Big Data.

 

19-Defensor da ética tecnológica:

Fará intermediação entre humanos, robôs e Inteligência Artificial. Para isso, precisará definir regras morais e éticas sobre as máquinas existentes.

 

20-Analista de dados da Internet das Coisas:

Analista de IOT validando dados antes de uma reunião.

A medida que mais dispositivos se conectam a internet, e necessidade de compreender e otimizar essa comunicação será vital.

Entre as funções deste profissional estarão a análise de Big Data e a busca por formas úteis de traduzir informações originadas de objetos utilizados no dia a dia, como dispositivos portáteis, carros e eletrodomésticos capazes de coletar e transmitir dados.

 

21-Reconstrutor do ecossistema:

Esta é uma das profissões do futuro voltadas ao meio ambiente. O objetivo é reintroduzir plantas e animais que foram extintos, para criar paisagens resilientes e vibrantes. É necessário entendimento sobre ecologia, estudo do meio urbano ou rural e sobre clima e tempo.

 

22-Engenheiro climático:

É uma das profissões do futuro especializada em desenvolver novas tecnologias, para controle capacitado e interferência em fenômenos da natureza. O trabalho pretende, entre outras coisas, evitar desastres.

 

23-Autor de jornadas de realidade aumentada:

A responsabilidade deste profissional vai do projeto à criação, construção e personalização de jornadas de realidade aumentada.

 

24-Cientista de alimentos:

Com o crescimento populacional pode ser necessário promover dietas com alimentos geneticamente modificados. Aí surge a oportunidade para cientistas de alimentos entre as profissões do futuro.

 

25-Hacker genético:

Tem um trabalho que envolve pesquisas e desenvolvimento de tecnologias para melhorias em níveis celulares e microbiológicos.

 

Atividades que desaparecerão no futuro

Nem todas as carreiras deixarão de existir entre as profissões do futuro. A maioria deverá acompanhar o processo de evolução tecnológica e se reformular.

Um eletricista consertando uma tomada.

A especialização já é um diferencial profissional, e ficará ainda mais evidente no futuro.

É o caso do eletricista, que para se manter ativo precisará se especializar. Uma boa dica é qualificar-se para trabalhar com sistemas automáticos para escritórios e residências inteligentes.

Por outro lado, trabalhos repetitivos e muito operacionais tendem sim a sumirem do mercado.
Como citado anteriormente, a automatização mudará a forma como fazemos compras. Isto também vale para o modo como consumimos serviços.
Sendo assim, algumas atividades que devem ser extintas e ficar de fora da lista das profissões do futuro são:

  • Caixa de supermercado: Clientes vão entrar e sair com os produtos que desejam sem precisar passar por caixas para pagar a conta. Todo o processo de compra acontecerá através de um celular, com identificação, carrinho e pagamento virtual.
  • Operador de telemarketing: Substituído por sistema de atendimento automático.
  • Caixa de banco: Por causa da possibilidade de resolver tudo por meio de celulares ou de caixas eletrônicos.

Saem pessoas e entram máquinas

A troca de pessoas por máquinas é uma tendência muito forte das novas profissões. Não apenas por significar redução de custos, mas também porque empresas que não acompanham a evolução tecnológica estão destinadas ao fracasso.

É o que tem ocorrido com grandes marcas diante da concorrência que se adapta aos novos padrões de mercado.
Um exemplo exaustivamente citado é o da Kodak, que ironicamente inventou a câmera fotográfica digital e decretou o fim dos filmes – seu principal produto.

Nesse sentido o recado é: Manter-se atento às novidades tecnológicas e aos empreendimentos que se tornam fortes e crescem rapidamente. Aí pode estar uma dica de tendência de mercado a ser seguida.

E para ler outras dicas sobre inovações de mercado continue a navegar no blog. Para começar, que tal este artigo – Indústria 4.0: Por que empresas brasileiras precisam fazer a transição?

Postagens Recentes

Comentários

Imagens traz a seguinte frase: SEM e SEOI, quais são as diferenças? Para ilustrar o conteúdo do artigo que fala sobre como aumentar acesso a um site utilizando essas técnicas.Maturidade digital desempenha papel importante nas empresas líderes.