O que é KPI e como defini-lo para meu projeto?

 em Marketing Digital
Tempo de leitura: 3 min

Para que estratégias tragam resultados efetivos é extremamente necessário que sejam acompanhadas de performances

Esse acompanhamento é o que permite identificar o que está funcionando e o que não. Sendo assim, os KPIs são usados para mensurar o andamento dessas ações

 

O que é KPI?

Key Performance Indicator. Em português: Indicador-Chave de Performance. Ou seja: é uma forma de medir se uma ação está atendendo aos objetivos da empresa ou não. Um KPI pode ser um número ou um percentual.

Ainda não ficou claro? Então, vamos a um exemplo. Suponhamos que o CAC (Custo de Aquisição do Cliente) esteja alto. 

Com o KPI, os gestores sabem que devem olhar mais atentamente para os processos das áreas de marketing e vendas

Agora, se a retenção estiver baixa, o KPI mostra que são as etapas de atendimento ao cliente que precisam de mais atenção.

KPIOs KPIs são parte fundamental da estratégia de gestão de uma empresa e possibilitam o acompanhamento e gerenciamento de desempenho das estratégias.

Mas isso significa dizer que KPI é a mesma coisa que métrica, certo? Errado. E é por isso que agora vamos te explicar as diferenças.

 

+Você já leu esse?

 

Diferença entre KPI e métrica

Antes de mais nada é importante que você saiba que KPIs não são o mesmo que métricas, mas que uma métrica pode se tornar um KPI.

Vamos às diferenças: os KPIs são indicadores importantes para a sua empresa e o seu objetivo, enquanto uma métrica é apenas algo a ser medido. 

Se por alguma razão essa métrica se torna relevante para a sua estratégia, ela se transforma em um indicador-chave (KPI). Mas, para isso, é importante que tenha alguma influência na tomada de decisão. Esse é o fator primordial para que uma métrica se transforme em KPI.

Ah, e muito cuidado com as métricas de vaidade! Neste outro artigo te explicamos quais as métricas importantes para o seu negócio.

 

 

Como definir um KPI?  

Os KPIs estão sempre ligados a um objetivo. Portanto, devem ser definidos conforme o mercado de atuação e realidade da sua empresa.

Uma indústria, por exemplo, pode dar mais importância aos indicadores que geram oportunidades de negócios – conversão de leads

Abaixo listamos alguns fatores que devem ser considerados ao definir um KPI. Veja:

Relevância: Um dos maiores erros ao definir KPIs é escolher indicadores de vaidade, ou seja, números que não trazem resultados efetivos (como curtidas, por exemplo). Direcione sua atenção ao que realmente é relevante.    

Importância para os negócios: Se o seu objetivo for vender mais, o KPI deve te mostrar que você realmente está vendendo mais. Caso não esteja, ele também deve indicar o oposto para que novas metas sejam traçadas.    

Influenciar na tomada de decisão: Como falamos, o indicador-chave de performance precisa ter alguma influência sobre suas tomadas de decisão. Afinal, do que adianta ter dados e informações que não dizem nada?  

Disponibilidade de mensuração: Para definir um KPI, você precisa verificar se ele pode ser mensurado e analisado sempre.  

Ter periodicidade: O KPI precisa ser mensurado constantemente para verificar o que funciona e o que não. Essa análise precisa ser feita periodicamente.   

 

Banner Blog Benchmarking 

Exemplos de KPIs

Agora que você já sabe que KPI e métrica não são a mesma coisa e quais fatores precisam ser levados em conta para definir um KPI, iremos te mostrar alguns dos KPIs que são mais relevantes para o seu negócio.   

Para facilitar seu entendimento, vamos dividi-los em três categorias: primários, secundários e práticos. Continue a leitura e descubra o que cada um significa!

 

Primários

Os KPIs primários são os principais para o seu objetivo. Eles indicam que você está ajudando a empresa a ganhar mais dinheiro. Alguns exemplos de KPIs primários são:

  • Tráfego;
  • Leads;
  • Taxa de conversão;
  • Custo de por Lead (CPL);
  • Receita por compra;
  • Receita total.

 

Secundários

Os KPIs secundários devem justificar os primários. Ou seja, esses indicadores devem mostrar o porquê de tais ações e se estão no caminho certo. Por exemplo: 

  • Origem do tráfego (se é orgânico, pago etc.)
  • Custo por visitante;
  • Assinantes da newsletter;
  • Assinantes do blog;
  • Acessos recorrentes no blog;
  • Custo por lead no estágios do funil;
  • Preço médio por transação.

 

Práticos

Nesta etapa, o mais importante é entender o que vai contribuir para entregar melhores resultados. Acompanhar dados e informações sobre comportamento, aquisição e características do usuário, como:  

  • Conteúdos mais acessados;
  • Palavras-chave mais pesquisadas;
  • Pageviews;
  • Page rank;
  • Interações sociais etc.

 

Você já leu esses:

 

KPIs ditarão o percurso

É quase inacreditável que ainda existam gestores que cometem o erro de não basear suas ações nos objetivos finais e, que muitas vezes, nem sabem o que esperar como resultados.  

KPIs são importantes porque trazem dados concretos e apresentam previsibilidade. Ou seja, são essenciais para oferecerem um diagnóstico das suas ações e se as estratégias precisam ser repensadas.

Tudo isso irá te guiar para alcançar melhores resultados e saber o que esperar deles. Afinal, quando você sabe onde fica a linha de chegada, o percurso se torna muito mais simples.    

 

Este conteúdo te ajudou? Então, você também vai gostar destes: 

Postagens Recentes

Comentários

Revops Departamento Que Integra Marketing Vendas E Customer Success 3