SEO: como a otimização ajuda clientes a encontrarem seu negócio

 Em Marketing & Vendas, Marketing Digital
Tempo de leitura: 6 min

SEO, Search Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Busca, é um conjunto de técnicas que ajudam a direcionar acessos para um site ou blog.

Em tese, quanto mais acessos um endereço web recebe, mais bem posicionado aparecerá entre os primeiros resultados de buscas em mecanismos como Google, Yahoo e Bing. Classificado nas primeiras posições, maiores são as chances de ser acessado por pessoas que estão pesquisando na internet.

Dependendo do que o internauta procura, a resposta para os problemas dele pode ser a sua empresa e os produtos ou serviços que oferece. Se até hoje você não entende bem o que é SEO, para que serve, e as vantagens desta estratégia para o site e o blog da sua empresa, este artigo deve esclarecer suas dúvidas.

 

SEO qualifica seu endereço web para os internautas

Imagine uma concorrência entre sua empresa e outras que produzem e vendem o mesmo produto ou oferecem serviços iguais. Todas disputam o benefício de se tornarem fornecedoras de um grupo de grandes compradores, dispostos a assinar um contrato de longo prazo.

Mas, são apenas 10 vagas. Portanto, apenas as 10 empresas com as melhores qualificações serão escolhidas, ou seja, vencerão a concorrência. É algo semelhante que acontece nas pesquisas pela internet. Os internautas representam o grupo de grandes compradores.

 

Ter uma boa estratégia de SEO, significa possuir um ótimo alinhamento entre marketing e tecnologia para estruturar o conteúdo e site de forma correta.

Se eles escolherem sua empresa e ficarem satisfeitos com o atendimento voltarão várias vezes, tornando-se fiéis a sua marca. O espaço online é onde sua empresa precisa ser a mais qualificada possível, para ficar entre as Top 10. Essa lista é a dos resultados que aparecem na primeira página dos buscadores (Google, Yahoo, Bing…).

Significa que as informações sobre seu negócio e o conteúdo que sua empresa oferece num blog, para atrair e fidelizar clientes, precisam ser taticamente elaborados para este fim. Isto é, devem ser otimizados.

 

Conteúdo com SEO responde perguntas

A Otimização para Mecanismos de Busca, também conhecida como Otimização para Motores de Pesquisa, torna as informações de endereços web mais completas e objetivas. Desta forma, elas respondem as perguntas feitas pelos internautas.

Se alguém busca pelo Google: “Lei da Difusão da Inovação“, uma lista com vários resultados poderá aparecer.
Na primeira página estarão somente as 10 que melhor correspondem ao termo de pesquisa. Ainda assim, existirá um ranking decrescente entre esses 10 modelos de negócio.

Na primeira colocação ficará o conteúdo que, além de responder à pergunta da busca, tenha outros dados úteis para quem está pesquisando.

 

Ter um conteúdo amplo relevante sobre o seu nicho de mercado irá aumentar sua posição no ranqueamento.

Neste mesmo exemplo, as próximas posições serão ocupadas por concorrentes com menos informações relevantes em suas qualificações. E assim por diante, até chegar a 10ª no ranking.

A cada lista de 10 resultados se constitui uma página do buscador. Sendo assim, a 11ª da lista já irá aparecer na segunda página do site de pesquisa.

 

+ LEIA TAMBÉM: Setor Industrial: Por Que Utilizar O Marketing De Conteúdo?

 

Afinal, como saber o que as pessoas buscam?

Quando um usuário da internet faz uma busca é porque pretende suprir uma necessidade ou desejo específico. Os termos que ele usará para pesquisar podem ter infinitas variações.

Descobrir e responder a esses anseios é uma tarefa das empresas, através de suas equipes de Marketing Digital.

São esses profissionais que possuem conhecimentos e habilidades necessárias para executar um trabalho analítico de dados e de SEO.
De modo geral, sua empresa precisa colocar-se no lugar do internauta que procura por informações através dos motores de pesquisa.

 

afinal-como-saber-o-que-as-pessoas-buscam

Análise da frequência de busca por palavras-chave é um dos processos de SEO, mais realizado por profissionais da área.

Entender a necessidade do usuário é importante para atrair o público ideal até seu endereço eletrônico.

Para sua empresa não interessa que todos os internautas acessem seus canais na internet. O que importa são potenciais clientes e clientes já conquistados por sua marca, aqueles com real interesse no que sua empresa oferece.

Para compreender melhor o processo de qualificação de público leia também o artigo “Marketing: Estratégias que funcionam para atrair clientes e vender mais“.

 

Principais tipos de pesquisa no Google

O Google descreve três tipos de situações que levam internautas a realizarem pesquisas em sua plataforma:

  • Informacional: Feita pelo usuário que busca informações para esclarecer dúvidas ou sobre como resolver problemas.
    Ele não tem um endereço web em mente, pois não sabe qual deles poderá disponibilizar o que precisa.Vai buscar pelo que melhor responder aos seus questionamentos.

    principais-tipos-de-pesquisa-no-google

    Pesquisas informacionais são feitas com muita frequência no Google.

    Pode ser um site, blog, um produto, um artigo explicativo ou uma notícia. Por isso é tão importante que o site e o blog da sua companhia tenham uma otimização SEO bem feita. Para seu endereço aparecer nos primeiros resultados, quando alguém pesquisar por seu produto/serviço.

    Estando no Top 10, maiores as possibilidades de ser acessado e responder ao pesquisador on-line (potencial cliente/cliente), lembra? No entanto, de nada adianta conseguir o cliente abrir seu site e não ter um conteúdo igualmente otimizado e de qualidade para prender sua atenção do início ao fim da leitura, além de responder suas dúvidas.

  • Navegacional: Quando o internauta sabe qual site quer acessar, mas lembra apenas parte do endereço ou tem preguiça de teclar por completo. Dificilmente, o usuário irá acabar em outro site, pois está indo direto ao que procura.

 

  • Transacional: É uma forma de pesquisa muito valiosa. Nela o usuário acessa mecanismos de pesquisa para realizar um negócio. É seu único objetivo.Vai realizar buscas para comprar um produto, contratar um serviço, ou encontrar um fornecedor para fechar uma transação Business to Business (B2B).Com certeza, sua companhia deseja ser a primeira encontrada por esse internauta, não é mesmo?Para isso, terá que dedicar bastante atenção ao SEO e a outras estratégias de produção de conteúdos que atraem.

 

Algumas características de textos com SEO

Otimizar sites, blogs e textos através de SEO é trabalhoso e demanda uma série de ações. Só para o buscador do Google, por exemplo, o ranqueamento envolve mais de 200 fatores.
A seguir, estão alguns fatores sobre textos otimizados. Lembrando que o objetivo deste artigo não é ensinar como fazer SEO, mas demonstrar a importância dele para ajudar clientes a encontrarem seu negócio.

  • São conteúdos de qualidade, que respondem tudo (ou quase tudo) sobre dado assunto.
  • Tem tamanhos entre 500 e 2.500 palavras, em média.
  • Possuem bons títulos com palavra-chave (aquela que pode ser usada para encontrar determinado assunto).
  • A palavra-chave também se repete em um subtítulo e no primeiro parágrafo do texto.
  • Não usa palavras-chave de forma forçada. Mas sim, de modo natural.
  • A preocupação é escrever para pessoas entenderem e não para os robôs de sites de busca.
  • São sinalizados com headings tags (linguagem HTML), para facilitar aos buscadores o entendimento da hierarquia do texto.

 

Resultados de Busca Orgânica x Resultados Pagos

Em uma estratégia para ranquear melhor um endereço web é comum aliar Resultados de Busca Orgânica e Resultados de Busca Paga.
A busca orgânica é a que tratamos neste artigo até agora.

Ela é gratuita e alcançada por sites com bom trabalho de SEO, além de bom conteúdo, é claro.

Os robôs dos mecanismos de buscas oferecem esses conteúdos ao internauta sempre que forem relevantes para responder o que foi buscado.

Assim, o site vai subindo no ranking a medida que recebe acessos e registra maior tempo de permanência de leitores em suas páginas.
Já os resultados pagos funcionam através do pagamento por clique (PPC). Como o próprio nome sugere, as empresas pagam para o Google promover seu site/blog.

 

Ambas as opções tem grande potencial, se estiverem alinhadas a estratégia de SEO e um bom acompanhamento.

A estratégia de acesso orgânico é, obviamente, a mais barata. No entanto, demanda mais tempo e requer paciência até que um endereço web atinja as primeiras posições.

Por outro lado, a ação de PPC tem um efeito mais rápido e pode ser usada com propósitos diversos. Entre eles, o de ranquear mais rápido o conteúdo sobre uma promoção.

 

Como o Google ranqueia sites?

O Google utiliza Inteligência Artificial (AI) para classificar sites por ordem de relevância, a partir das buscas.
Para isso acontecer, robôs do Google agem como rastreadores.

Eles são chamados de crawlers ou spiders e navegam pela internet como se fossem um internauta.

Clicam em links e leem todas as páginas web, ou melhor, códigos dos sites (HTML). Após vasculharem tudo, salvam o que localizaram no banco de dados do buscador (servidores do Google).

 

como-o-google-ranqueia-sites-

Além de acertar no conteúdo, é preciso ter uma estrutura do site/blog consistente para ser bem avaliado pelos buscadores.

Na sequência, as informações capturadas são organizadas. Essa organização destaca os conteúdos com maior qualidade e capacidade de satisfazer as buscas de usuários.

 

Um supermercado de informações

Pense no ranqueamento como um supermercado, para facilitar a compreensão. Os produtos (informações) ficam organizados em prateleiras: materiais de higiene, de limpeza, alimentos, bebidas.

O cliente vai direto ao corredor em que estão as prateleiras com os produtos de seu interesse. E só para de procurar quando os encontra.
Em alguns casos, quando eles estão em falta, é comum que outros produtos (até de qualidade inferior) sejam levados como substitutos.

 

um-supermercado-de-informacoes

Esteja na gôndola online certa ao alcance de seus clientes.

Também é normal o cliente parar para analisar e até comprar algo que nem estava procurando, mas que chamou sua atenção no meio do caminho. Então, para que sua empresa esteja bem posicionada e visível nas prateleiras do Google, é indispensável realizar um cuidadoso trabalho de SEO.

Search Engine Optimization é o diferencial que pode fazer seu produto ser levado para casa ou não ser localizado. Neste caso, seu negócio poderá ser substituído por outro, até de qualificações inferiores.

Quer saber como colocar o site e o blog da sua empresa nas primeiras posições dos rankings de busca? Descubra com o Guia Definitivo do Marketing de Conteúdo da Converta Mais.

Posts Recomendados

Comentários

industria-4.0-por-que-empresas-brasileiras-precisam-fazer-a-transicaord-summit-2018-o-que-tirar-da-edicao-2018-do-rd-summit-nossas-impressoes